UFSC » Portal da Reitoria
Universidade Federal de Santa Catarina

Nota de Esclarecimento sobre Bolsas e Benefícios Estudantis
Publicado em 22/08/2015 às 8:47

A Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina esclarece que:

1. O Restaurante Universitário do campus Trindade está fechado em função da greve nacional dos técnicos-administrativos em Educação e será reaberto até o dia 31 de agosto.

2. Não houve qualquer redução ou corte de bolsas e benefícios estudantis. Todos os benefícios de assistência estudantil estão sendo pagos no prazo regulamentar. Em termos numéricos, isto representa:

2.1. 2.060 estudantes recebendo Auxílio Alimentação Emergencial no valor de R$ 7,50/dia ou R$ 15,00/dia, em função do fechamento do RU;

2.2. 2 mil estudantes recebendo Bolsa Estudantil UFSC no valor de R$ 555,00;

2.3 1150 estudantes recebendo Auxílio Moradia no valor de R$ 250,00;

2.4. 50 estudantes recebendo Auxílio Creche nos valores de R$ 468,00 (meio período) ou R$771,00 (período integral);

2.5. subsídio do custo alimentação de aproximadamente 3 mil estudantes nos Restaurantes Universitários terceirizados e em funcionamento no Centro de Ciências Agrárias (CCA) e nos campi Araranguá, Curitibanos e Joinville.

2.6. custeio da alimentação de aproximadamente 100 estudantes com vulnerabilidade socioeconômica do Colégio de Aplicação da UFSC

2.7. custeio total das despesas com luz, água, segurança, entre outras, da Moradia Estudantil, que abriga 182 estudantes atualmente.

3. Aproximadamente 1200 estudantes ingressantes nos cursos presenciais sediados no campus David Ferreira Lima (Trindade) em  semestres anteriores a 2015.2, cujos Cadastros Socioeconômicos expiraram durante o período de adesão à Greve Nacional dos TAE´s, tiveram a validade de seus cadastros prorrogadas automaticamente por 90 dias. Oportunamente, o Sistema de Cadastro Socioeconômico enviará lembretes eletrônicos para indicar os prazos e procedimentos necessários à renovação do CSE.

4. Os Editais 2015.2 serão todos publicados no mês de agosto. Os Editais de Renovação da Bolsa Estudantil UFSC e de Novas Bolsas Estudantis UFSC serão publicados no dia 27 e o Edital de Isenção do RU dia 29. Até a presente data, quatro já foram publicados, a saber:

4.1. Edital 016/PRAE/2015 – Isenção de Inscrição em Cursos Extracurriculares de Língua Estrangeira (150 vagas);

4.2. Edital 017/PRAE/2015 – Isenção de Inscrição em Atividades Esportivas (103 vagas);

4.3. Edital 019/PRAE/2015 – Auxílio Moradia (850 vagas);

4.4.Edital Auxílio Creche (20 vagas).

5. Para que os calouros 2015.2 tenham a oportunidade de concorrer aos benefícios, assim que concluírem seus Cadastros Socioeconômicos lançaremoseditais complementares de auxílio moradia, bolsa estudantil UFSC e auxílio creche. O prazo de publicação destes editais ainda não está definido porquedepende do retorno ao trabalho das Assistentes Sociais da CoAEs (Coordenadoria de Assistência Estudantil), que aderiram à greve nacional dos técnicos . No entanto, objetivamos publicá-los até a primeira quinzena do mês de outubro. Em qualquer tempo, os pagamentos aos beneficiados serão retroativos ao mês de agosto.

6. Calouros 2015.2 ingressantes pela política de ações afirmativas foram orientados a comparecer nos plantões de recepção da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) no início do semestre. No decorrer desta atividade, algumas ações foram executadas em caráter excepcional, considerando-se a situação de risco à vida ou a permanência dos recém ingressos: a) isenção do custo da alimentação no restaurante dos Volantes enquanto o RU estiver fechado; b) alojamento provisório no Módulo III da Moradia Estudantil; c) agendamento prioritário para análise do Cadastro Socioeconômico no Serviço Socioassistencial da CoAEs no retorno das Assistentes Sociais ao setor, após o fim da greve.

7. A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), apesar da greve nacional dos técnicos-administrativos,  manteve o atendimento presencial e telefônico (3721-2706) aos estudantes. Há dois técnicos e duas estagiárias atendendo diariamente no Térreo da Reitoria, das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00, de segunda a sexta-feira. Demandas que não podem ser resolvidas por eles são encaminhadas para os pró-reitores, diretores e coordenadores da Pró-Reitoria, os quais buscam dar soluções possíveis considerando-se o fechamento de alguns setores da PRAE, como o RU (Restaurante Universitário) e o Serviço Socioassistencial da CoAEs;

8. Outros setores da PRAE, como a Administração da Moradia Estudantil, o LABUFSC e o Serviço de Psicologia da CoAES funcionam normalmente;

9. Reafirmamos que não houve cortes no orçamento da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE).

Florianópolis, 22 de agosto de 2015

Administração Central

Universidade Federal de Santa Catarina

Informe sobre reabertura do Restaurante Universitário
Publicado em 19/08/2015 às 8:46

A Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina informa que:

1. respeita o direito constitucional de greve;
2. o fechamento do Restaurante Universitário (RU), em junho, deveu-se à greve nacional dos técnicos-administrativos em Educação (TAEs);
3.  solicitou ao Comando Local de Greve dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação , conforme noticiado  em 29 de junho, a reabertura do RU, tendo em vista a necessidade de atender  os estudantes;
4.realizou reuniões com o Diretório-Central dos Estudantes (DCE) nas quais foram apresentados relatos sobre a  gravidade da situação para os alunos em decorrência do fechamento do Restaurante Universitário.

Diante deste contexto, foram feitos encaminhamentos administrativos  – todos com base legal – que irão viabilizar a reabertura do RU até 31 de agosto de 2015, oferecendo almoço e jantar.  Tal medida visa proporcionar condições de permanência aos estudantes, fundamentais para a Universidade Federal de Santa Catarina, uma instituição que conta hoje com mais de 2 mil alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Florianópolis,  19 de agosto de 2015.

Administração Central

Universidade Federal de Santa Catarina

CUn discute questões orçamentárias e acadêmicas
Publicado em 17/08/2015 às 8:48

Discussão do item “Avaliação das condições Orçamentárias, Administrativas, Acadêmicas e de Permanência Estudantil do 2º Semestre de 2015″,durante sessão extraordinária do Conselho Universitáriorealizada dia 13 de agosto.

https://youtu.be/JR7Bu8XOmIU

Acesse os documentos apresentados pela Administração Central.

Conselho aprova institucionalização dos campi
Publicado em 10/07/2015 às 20:57

Os campi da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville foram oficialmente contemplados no Regimento Geral da instituição. A inserção imediata das novas unidades foi tomada com apenas três votos contrários, na tarde de sexta-feira, 10 de julho, em sessão especial do Conselho Universitário (CUn), com a aprovação do relatório da conselheira e diretora do Centro de Ciências Biológica (CCB), Sônia Gonçalves.

Simultaneamente, foi criado um grupo de trabalho que inclui os diretores gerais dos campi e dois representantes da sede, com objetivo de uniformizar as possíveis alterações e ajustes no Regimento, Estatuto e Resoluções, cujos dispositivos estejam diretamente vinculados à institucionalização das novas unidades. No período de transição, a atual estrutura administrativa dos campi será mantida.

A incorporação dos campi na forma de “unidades universitárias”, conforme o parecer da relatora, passou em 2013 por uma “série de discussões sobre possíveis estratégias para a institucionalização dos campi”. O Grupo de Trabalho para a Institucionalização dos Campi (GTIC) foi criado e elaborou um documento contendo duas propostas. A primeira delas prevê a ocorrência desse processo de institucionalização dos campi da UFSC em duas etapas complementares, iniciando pela criação dos centros e departamentos. A segunda proposta, a pronta institucionalização dos campi fora de sede como campi com centros e departamentos.

De acordo com a conselheira Sônia, “é nosso entendimento, salvo melhor juízo, que há consenso entre as duas propostas no tocante à oficialização quanto à formalização dos centros de ensino e departamentos, uma vez que as duas propostas apresentam no seu desenho estrutural a entidade de Centro(s) e Departamento(s)”.

Assim, o relatório sugeriu a oficialização imediata das unidades universitárias (centros de ensino) e departamentos. “No entanto, é imprescindível que tal decisão venha simultaneamente acompanhada de encaminhamentos subsequentes, que firmemente assegurem a continuidade desse processo de institucionalização dos campi, mediante o estabelecimento e o cumprimento de cronogramas de atividades e prazo para a finalização dos trabalhos, recomendável não ser superior a seis meses.”

A sugestão acatada pelo CUn foi “a formação de um grupo de trabalho que envolva a participação de representantes que atuem como agentes ‘aglutinadores e uniformizadores’ de propostas e/ou ajustes de princípios, que contemplem as especificidades dos campi, pautando-se em uma metodologia de trabalho definida e que possibilite uma uniformização das questões em aberto e relacionadas aos campi”.

Histórico

Os campi da UFSC em Araranguá, Curitibanos e Joinville foram criados em 2008, pelas resoluções 027/CUn/2008, 026/CUn/2008 e 025/Cun/2008, respectivamente; o de Blumenau, em 2013, pela resolução 019/CUn/2013 – entretanto, nunca foram formalmente incluídos na estrutura organizacional da Universidade. De acordo com a exposição de motivos da reitora Roselane Neckel, após várias discussões, “concluiu-se que a UFSC não deveria ter uma estrutura diferenciada em seus campi (sede ou avançada), e que, para tanto, os campi deveriam ser organizados em unidades universitárias – conforme estabelecido no artigo 6º do Estatuto da UFSC”.

Segundo o relatório da professora Sônia, a “solução já fora indicada pelo conselheiro Edison da Rosa, nos pareceres nº 32/CUn/2008, 31/CUn/2008 e 30/CUn/2008, aprovados por este Conselho e referentes à criação dos campi em Araranguá, Curitibanos e Joinville”. Nos relatos, ele ressaltava que, além das atividades administrativas usuais das unidades universitárias, nos campi fora da sede devem ser executadas atividades tipicamente realizadas pela Reitoria no campus sede, propondo a criação de uma secretaria administrativa para cada um deles.

O  CUn irá realizar uma sessão especial, com a finalidade única de revisar a proporcionalidade na representação, em sua composição, de alunos e servidores técnico-administrativos em Educação. A adição das novas unidades irá ampliar o número de docentes no CUn, como foi notado pelo então representante discente, Giovanny Simon, em fevereiro de 2014, gerando uma desproporção na representatividade.

Caetano Machado/Jornalista/Agecom/UFSC

Gestores esclarecem sobre compra do Prédio Reitoria II no Conselho Universitário
Publicado em 01/11/2013 às 15:15

O chefe de Gabinete, Carlos Vieira, a Pró-Reitora de Planejamento e Orçamento (Proplan), Beatriz Paiva, e o Pró-Reitor de Administração (Proad), Antônio Carlos Montezuma, participaram da última reunião ordinária do Conselho Universitário, no dia 31 de outubro, onde explicaram detalhadamente todo o processo de compra do Prédio Reitoria II.

Aos conselheiros foi anunciado que a Reitoria recebeu um parecer da Procuradoria Federal, em 16 de outubro de 2013, que versa especificamente sobre a aquisição do imóvel, sobre os questionamentos do Conselho de Curadores e analisa, à luz da legislação vigente, os atos administrativos e decisórios envolvidos no processo nº 23080.049640/2012-12, cuja íntegra está no Sistema de Processos Administrativos (SPA).

Uma reunião com a presidência do Conselho foi solicitada pela Reitora, mas, em função de compromissos dos curadores, só pôde ocorrer na segunda-feira, 4 de novembro.

Confira a íntegra da apresentação no CUn e as manifestações dos conselheiros universitários:

Convite para o lançamento do PRO-UFSC
Publicado em 12/08/2013 às 14:27

Nota da Administração Central sobre a instalação de portões nas entradas do campus da Trindade
Publicado em 24/07/2013 às 17:09

A Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina informa que começou nesta quarta-feira (24) a instalação de portões de segurança nas entradas principais do campus em Florianópolis. Os portões serão utilizados para controlar o acesso de veículos durante a madrugada e nos fins de semana. É importante ressaltar que a medida não interfere na circulação do transporte coletivo ou no acesso a pé, de bicicleta e de veículos automotores da comunidade acadêmica.

A intenção é potencializar a segurança de toda a comunidade, proteger o patrimônio público e inibir ações criminosas, bem como o uso indiscriminado de som automotivo em alto volume. Essas medidas estão sendo tomadas tendo em vista ocorrências de depredação e ocupação nos horários noturnos, o que tem gerado distúrbios dentro e fora do campus, uma vez que estamos localizados em uma área residencial.

Destacamos que os portões permanecerão abertos até que haja a consulta e o debate junto à comunidade acadêmica. Além disso, outras medidas estão sendo planejadas, como a instalação de guaritas nas três entradas principais do campus, com a realocação de vigilantes para o controle de acesso e a pintura e sinalização dos portões.

Florianópolis, 24 de julho de 2013.

Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina

  • Administradores do Site
  • 1960 - 2015 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000 |
  • Última atualização do site foi em 26 de agosto 2015 - 8:58:28